PacoteSemente-crop

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) reforça aos cidadãos brasileiros para que tenham cuidado e não abram encomendas recebidas pelos correios de pacotes de sementes não solicitadas. O alerta vale para recebimento de sementes que cheguem do exterior de qualquer país e não somente da China, como vem sendo divulgado.
A importação de vegetais sem autorização pode introduzir pragas ou doenças que não existem ou estão erradicadas no país, além de causar prejuízos econômicos. Para evitar o risco fitossanitário, o Mapa atua no controle do e-commerce internacional com equipe dedicada a fiscalizar e impedir a entrada de material sem importação autorizada no país.
Caso o cidadão venha a receber em casa sementes provenientes do exterior, o Ministério orienta a entrega do material para uma das unidades do Mapa em seu estado ou órgão estadual de defesa. O pacote não deve ser aberto ou descartado no lixo, a fim de evitar o contato das sementes com solo e prejuízos para as áreas agrícolas e o meio ambiente.
A orientação também vale para o cidadão que recebeu e plantou as sementes. Neste caso, entre em contato com o Mapa ou o órgão estadual de defesa para agendar o recolhimento do material.
Cabe ressaltar que, ao entregar as sementes adquiridas ou recebidas de remetentes desconhecidos, o cidadão não estará sujeito a penalidades. O mesmo vale para cidadãos que porventura tenha efetuado o plantio. Também não é necessário a identificação no momento da entrega do material, porém é importante o relato se realizou a compra, se recebeu de remetente desconhecido ou se a remessa veio junto com outra compra realizada em site do exterior.
O Ministério da Agricultura reforça para os riscos de se adquirir sementes de origem para os quais o Brasil ainda não tenha estabelecido os requisitos fitossanitários e que não estejam amparado pela certificação fitossanitária emitida pela autoridade fitossanitária do país exportador.
A lista de produtos com importação autorizada está disponível para livre consulta no endereço eletrônico: http://mapas.agricultura.gov.br/ddiv/arp/oracle/pvti2.asp

 

 

CCIR2020-crop

A emissão do CCIR (Certificado de Cadastro de Imóvel Rural) 2020  está disponível

O CCIR é indispensável para legalizar em cartório a transferência, o arrendamento, a hipoteca, o desmembramento, o remembramento e a partilha de qualquer imóvel rural. É essencial também para a concessão de crédito agrícola pois é exigido por bancos e agentes financeiros.
Para emitir o CCIR é necessário que o imóvel rural já esteja regularmente cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR).

 

Livreto assocapP1_corte

 ASSOCIAÇÃO DOS FORNECEDORES DE CANA DE CAPIVARI

1942 - 2020

Serviços Oferecidos aos Fornecedores de Cana

Confira no link: http://www.canacap.com.br/images/stories/Livreto_assocap.pdf

 


 

AÇÕES DO SETOR SUCROENERGÉTICO PARA PREVENÇÃO AO CORONAVIRUS:

Confira na integra: Orientações Gerais, Transporte de passageiros, Atividades mecanizadas, Atividades manuais nas frentes de trabalho, Alojamentos, Ambulatórios e Restaurantes / Refeitórios 

 

ATENÇÃO PRODUTORES DE CANA!
COMUNICADO DA ASSOCAP

Negociações sobre o direito do produtor de cana ao CBIO (Renovabio) no CONSECANA-SP

1) A ORPLANA propôs que os CBIOS oriundos da área da cana do produtor rural, descontados todos os custos sejam integralmente (100%) repassados a ele próprio.
2) A diretoria do CONSECANA recebeu a proposta e se comprometeu a analisá-la.
3) Nesse interim a ASSOCAP orienta  os produtores de cana a não fornecerem  ou autorizarem que as usinas utilizem seus dados particulares, especialmente o CAR-Cadastro Ambiental Rural, até que o CONSECANA delibere qual será a participação do produtor de cana nos CBIOS originados na sua propriedade rural.
4)Maiores informações no Departamento Técnico da ASSOCAP.
A Direção.

Leia documento ORPLANA na íntegra: http://www.canacap.com.br/images/stories/Orplana%20-%20Comunica%C3%A7%C3%A3o%20%C3%A0s%20Associadas%20-%20RenovaBio..pdf

 

 

 


 

COMUNICADO RAÍZEN 

SUSPENSÃO DAS ATIVIDADES DA UNIDADE BOM RETIRO


ComunicadoRaizen-crop

 

 

 


 

GSA PEDE O FIM DE SUBSÍDIOS AO AÇÚCAR NA ÍNDIA E NO PAQUISTÃO

A Global Sugar Alliance (GSA), associação que congrega entidades de países produtores de açúcar, responsáveis por mais de 80% das exportações mundiais de produtos derivados da cana-de-açúcar, criticou os subsídios da Índia e do Paquistão ao açúcar produzido internamente e à exportação. A União da Indústria da cana-de-açúcar (Unica) informou nesta quinta-feira, 19, que, em comunicado divulgado nesta quinta, assinado por representantes de produtores do Brasil, Austrália, Canadá, Tailândia e Guatemala, a GSA ressaltou os impactos que políticas distorcivas geram no mercado do açúcar, cujo preço, só neste ano, caiu mais de 20%.

“Por meio da GSA, pedimos aos nossos governos que tomem todas as medidas necessárias para garantir o fim destas práticas, fazendo com que os países em questão se comprometam com uma agenda de reformas que remova esta distorção comercial”, afirma em nota, o diretor executivo da Unica, Eduardo Leão de Sousa.

Segundo ele, o Brasil é um dos países mais prejudicados, pelo fato de que 70% do açúcar produzido pelo País é exportado. Conforme a Unica, o presidente da GSA, Greg Beashel, enfatizou os reflexos negativos das políticas paquistanesas e indianas no mercado mundial: “Alimentado por um excesso de açúcar do Paquistão apoiado pelo governo e pela ameaça de exportações subsidiadas de açúcar indiano, o preço mundial do produto caiu para um nível abaixo do custo de produção até mesmo dos produtores mais eficientes do mundo.”

 Fonte: Estadão Conteúdo


 A pedido do MPF, Justiça proíbe novas autorizações para queima da palha da cana na região de Campinas (SP)

A Justiça Federal proibiu que novas autorizações para queima controlada da palha de cana-de-açúcar sejam emitidas na região de Campinas (SP) sem a apresentação prévia de estudos ambientais. A liminar, válida para safras a partir de 2019, é resultado de uma ação civil pública do Ministério Público Federal (MPF) contra a falta de exigências e de fiscalização na concessão das licenças para o emprego da técnica nas plantações.

Confira na íntegra....http://www.mpf.mp.br/sp/sala-de-imprensa/noticias-sp/a-pedido-do-mpf-justica-proibe-novas-autorizacoes-para-queima-da-palha-da-cana-na-regiao-de-campinas-sp  http://www.mpf.mp.br/sp/sala-de-imprensa/docs/decisao-cana-de-acucar-campinas.pdf

 


   

ATENÇÃO ASSOCIADOS DA ASSOCAP

    A Associação dos Fornecedores de Cana de Capivari – ASSOCAP, comunica a todos os seus associados que até a presente data efetuaram o CAR - Cadastro Ambiental Rural, e que teriam que fazer a ADESÃO ao (PRA) Programa de Regularização Ambiental e não o fizeram até o presente momento, que foi prorrogado o prazo para a mencionada ADESÃO por meio da Lei nº 13.335/2016, fixando nova data de vencimento para o dia 31 de dezembro de 2.017.
    Comunicados mais, que a não adesão ao P.R.A. até o dia 31 de dezembro de 2.017, implica nas perdas dos benefícios garantidos pela Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012.
    Devido a falta de tempo hábil para consulta dos associados “individualmente” para que os mesmos fizessem suas adesões ou não ao P.R.A., a Diretoria da Associação dos Fornecedores de Cana de Capivari - Assocap, determinou ao Departamento Técnico que realize a adesão ao P.R.A. de todos os associados que fizeram os Cadastros Ambientais Rurais junto ao Departamento Técnico da Assocap.
    Diante de tal determinação da Diretoria, solicitamos aos Associados que não pretenderem aderir ao P.R.A., ou os que já tiverem efetuado tal adesão, que entrem em contato com a Assocap através do telefone (19) 3492-8100, com Reinaldo, Leandro ou Luciana e manifestem sua posição.

 


 

LEILÃO GIROLANDO MUMU & RANCHO TUNIN - Clique no link abaixo para ver o catálogo dos animais..

http://www.mfrural.com.br/leilao.aspx?leilao=3958&;;tit=leilao-girolando-mumu-e-rancho-tunin

 


 

Comunicado a todas as Associações de Produtores de Cana Associadas a ORPLANA

http://www.canacap.com.br/images/Orplana-Carta-Assoc_CTC.pdf


 Súmula nº 86 do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, publicada no dia 05 de setembro p.p, que dispensa a apresentação do Ato Declaratório Ambiental – ADA para o reconhecimento do direito à isenção de Imposto Territorial Rural – ITR. http://direitoagrario.com/trf4-edita-sumula-sobre-dispensa-do-ato-declaratorio-ambiental-ada-para-fins-de-calculo-do-imposto-territorial-rural-itr/


 

Resolução Nº 618, de 06 de setembro de 2016.

 O uso de lona em caminhões de transporte de cana de açúcar será obrigatório a partir do dia 1º de junho de 2017, segundo resolução N º 618 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada  no "Diário Oficial da União".

Veja resolução publicada no DOU.... http://www.jusbrasil.com.br/diarios/124867230/dou-secao-1-08-09-2016-pg-46

 

 


 

 FPA - Frente Parlamentar da Agropecuária  entrega carta ao Presidente interino Michel Temer

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Marcos Montes (PSD-MG), entregou ao Presidente interino Michel Temer, durante concorrida reunião-almoço nesta terça-feira (12). Leia matéria completa em .....http://www.fpagropecuaria.org.br/noticias/marcos-montes-entrega-carta-da-fpa-ao-presidente-michel-temer#.V4Y_8DXP2M8

 

 


 

ALERTA - NOTA DE ESCLARECIMENTO DA POLÍCIA AMBIENTAL DO ESTADO DE SÃO PAULO

COBRANÇAS E CONTATOS INDEVIDOS EM NOME DA CORPORAÇÃO

  

A pedido da Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, alertamos que a corporação não realiza qualquer espécie de contato para o patrocínio de eventos, de tal sorte que o órgão ambiental não envia boletos e não liga para empresas e produtores rurais solicitando a transferência de valores em dinheiro para quaisquer contas bancárias ou ainda contribuições em espécie.

Tal alerta decorre do recente recebimento de denúncias de que pessoas estariam entrando em contato com produtores rurais e unidades de processamento de cana-de-açúcar solicitando contribuições em nome da Polícia Ambiental do Estado de São Paulo.

Cientes da situação, a Polícia Ambiental do Estado de São Paulo está tomando as devidas medidas cabíveis para identificar os infratores e, complementarmente, solicita a atenção de todos para quaisquer contatos que tenham discurso semelhante.

Caso Vossas Senhorias tenham sido contatadas, solicitamos que entrem em contato com o Tenente Coronel  Douglas Vieira Machado, pelo e-mail: douglasvm@policiamilitar.sp.gov.br .


 

 Posicionamento da ORPLANA quanto à declaração do Secretário de Finanças da CONTAG - Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura, Senhor Aristides Santos, no dia 1º de Abril em cerimônia no Palácio do Planalto, que tratava da regularização de terras de quilombolas e para a reforma agrária.

A carta, foi elaborada pela  área Jurídica da ORPLANA, se baseando no Estatuto da entidade. Leia em...... http://www.canacap.com.br/images/stories/arquivos/noticiaslateral/Orplana%20-%20Nota%20-%20Invas%C3%A3o%20de%20Terras%20-%20Contag.pdf                    

 

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Posto meteorológico Ciiagro/Canacap

clima

facebook

Importante

 

 

 

 

 

 

 

Reflexão


"A verdadeira dificuldade não está em aceitar ideias novas, mas escapar das antigas." John Maynard Keynes (1883-1946)